BlogBlogs.Com.Br

smkzjrfyec

Dicionário personalizado do blogueiro

Como blogueiro novo, antes de sair por aí blogando feito doido, procurei decifrar e entender os termos usados pelos blogueiros velhos de estrada. Sozinho by myself, cheguei à conclusão de que a grande maioria deles é facilmente compreensível por qualquer pessoa de inteligência mediana. O que não é o meu caso. Não é possível medir-se a inteligência de uma pessoa desprovida de cérebro. Cito abaixo alguns termos que já decifrei. Cada qual que use a informação por sua conta e risco.

1) Blog – Palavra surgida quando Marinho, ainda rapaz, desfez-se de sua primeira empresa, a Blogo, entregando-a aos seus melhores jornalistas, que mais tarde mudaram o nome para Blog, porque não gostavam do “o” no final. Marinho, intrépido, montou sua nova empresa, chamada O gloBo, utilizando a letra “O” jogada fora por seus antigos companheiros.

2) Efigênia – Sinônimo abrasileirado da Blogosfera. Sua origem é evidente: todos os blogueiros moram na Rua Santa Efigênia, em São Paulo – SP.

3) Link – Palavra sublinhada que arranca você daquela página e te joga em outra. O nome é proveniente do famoso blogueiro chinês Fau Shu Lin. Este verdadeiro pioneiro, tanto trabalhava – dia e noite – para a evolução do Blog, que todos sempre diziam: “foi o Lin que fez”. Daí surgiu o nome linque, posteriormente plagiado por um blogueiro americano e modificado para link. Como o referido larápio era protegido de Ronald Reagan, à época presidente dos EUA, acabou empurrando a palavra modificada para o mundo blogueiro. Em tempo: o pobre Fau Shu Lin, acabou na miséria, após candidatar-se por três vezes (e perder) a prefeito de Nairobi, capital da China democrática.

Saiba a verdade: http://www.ofimdavarzea.com/pequeno-dicionario-blogueiro/

Ou continue lendo a palhaçada

4) Newbie – Quando ninguém sabe algo, usa-se esta expressão, que se refere ao Bira, famoso blogueiro que de tudo sabe. “Newbie sabe isso”.

5) Pagerank – Essa é fácil demais. Ato de arrancar a página (mania de usar termos americanos). É quando você faz uma página e não gosta.

6) Salsinha – Termo do cunhado do Cardoso. Inventou o termo para designar uma pessoa com o QI de um vegetal (ou seja, não chega nem a ter o juízo duma galinha). E o cunhado do Cardoso nem me conhece.

7) Salsicha – Termo inventado neste solene momento, para designar o comentarista zoado que, quando toma um chega pra lá do blogueiro irritado, desaparece do blog, pra nunca mais. E leva junto o Scooby-Doo!

8) Site – Essa tá na cara! O cara vem te encher o saco, fazer comentário besta, toma essa: site daqui!

9) Site Social – O mesmo, só que na boa, sem mandar o sujeito ir se lascar. Assim, ó: site por favor…

10) Umbigosfera – Em inglês, Navel Monster, Fera encontrada apenas nas selvas australianas, que se alimenta de umbigos de cangurus. Termo utilizado para referir-se a um blogueiro que tá furibundo da vida com um comentarista (que vai virar salsicha rapidinho, após a reação do umbigosfera).

11) Wannabe – Ou Wattannabe. Qualquer blogueiro de origem nipônica.

12) WTF – Essa demorou pra sacar. Mas cheguei lá. We Type Fast (Nós Digitamos Rápido) = NDR. Refere-se a todo blogueiro que frequentou a Escola de Datilografia Efigênia, situada à rua de mesmo nome que, como todos sabemos é o reduto dos blogueiros.

Textos correlatos: nenhum que eu saiba.

Textos corretos: http://www.ofimdavarzea.com/pequeno-dicionario-blogueiro/

Se você deseja contribuir com a cultura blogueira, siga o meu exemplo. Tente decifrar as coisas por si só by yourself. Depois jogue a m… no ventilador. De coluna, o de teto suja tua própria cabeça, que acaba ficando igual à minha: igual por dentro e por fora.

Esta é uma pequena “contribuição” ao Pequeno Dicionário Blogueiro, publicado no blog O fim da Várzea (link acima).